Diferentes perspectivas sobre as emoções

1. COMO SE FORMAM AS EMOÇÕES? TEORIAS SOBRE AS EMOÇÕES

As emoções são objecto de estudo deste a Grécia Antiga e ao longo dos últimos anos o seu estudo tem vindo a intensificar-se em prol da necessidade de compreender e controlar as actuais patologias associadas ao foro emocional – tais como o stress. Existem quatro perspectivas das emoções:

i) EVOLUTIVA (Darwin; Ekman): as emoções são universais e estão presentes de igual forma em animais e seres humanos de diferentes contextos culturais e/ou sociais.

ii) FISIOLÓGICA (William James; Cannon): as emoções são meramente reacções fisiológicas.

iii) COGNITIVISTA (Schachter): as emoções resultam da interpretação cognitiva das nossas reacções fisiológicas, depois da reacção é que as nomeamos.

iv) CULTURALISTA: as emoções são construções sociais, adquiridas mediante a socialização, razão pela qual dependem e variam consoante o tempo e espaço.

Texto de Damásio sobre a teoria das emoções de William James:

2. SENTIMENTOS, EMOÇÕES E AFECTOS

Damásio é o principal responsável pela distinção contemporânea entre aquilo que antigamente era reconhecido como sendo a mesma coisa: sentimento e emoção. Os sentimentos são pessoais e o acesso que temos aos mesmos é privilegiado. As emoções são reacções externas, observáveis (públicas) e, por isso, partilháveis com os outros.

Texto 1:

Texto 2:

Visualização da entrevista de Damásio:

GUIÃO DE VISIONAMENTO:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s